KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 30/01/2018 às 11h19min - Atualizada em 30/01/2018 às 11h19min
..
Quatro pessoas foram presas, em Curitiba, durante uma operação da Polícia Civil, deflagrada na segunda-feira (29) e finalizada na madrugada desta terça (30).

O Conselho Regional de Farmácia do Paraná (CRF-PR) afirmou que recebeu uma denúncia e acionou a Vigilância Sanitária, o Ministério Público Estadual e a Polícia Civil.

Conforme o CRF-PR, uma mãe procurou o conselho em outubro de 2017 para denunciar a farmácia de manipulação onde comprou um produto para o filho autista.

Ela alegou que a fórmula, além de não fazer efeito, agravou o caso da criança – que tem entre seis e dez anos. O CRF-PR não soube dizer a idade exata do menino.

A farmácia, segundo o CRF-PR, alegava que o produto auxiliaria no tratamento do autismo. A fórmula custava R$ 172, ainda de acordo com o conselho.

Cinco farmácias de manipulação estão envolvidas no caso. Conforme o CRF-PR, todas pertencem ao mesmo dono.

Elas ficam no Centro, no Fazendinha, no Sítio Cercado, no Novo Mundo e no Alto Boqueirão. Os nomes não foram informados pelo conselho.

Até a publicação desta reportagem, a Polícia Civil não tinha passado mais detalhes sobre a operação. A polícia está prevendo uma entrevista coletiva nesta tarde para explicar o caso.

Quatro pessoas são presas em operação envolvendo farmácias de manipulação, em Curitiba