KIT MÍDIA Contato

por: Alessandra fonseca - ()

Data: 12/01/2018 às 10h05min - Atualizada em 12/01/2018 às 10h05min
..A Urbs já começou a vistoria semestral dos veículos do transporte escolar cadastrados para prestar o serviço na capital. Este ano vence o prazo do Conselho Nacional do Transito (Contran) para que todos os veículos com data de fabricação anterior a 2016 estejam com espelhos retrovisores, câmera-monitor ou outro dispositivo equivalente para ampliar a visão externa do motorista. Após 2016, os veículos já contam com o item de fábrica.

Em Curitiba, cerca de 860 veículos são licenciados para a atividade, entre vans, micro-ônibus, ônibus e Kombis. Cada veículo deve passar por duas vistorias por ano. A estimativa da Urbs é que mais da metade da frota é de veículos fabricados anteriormente a 2016.

Até agora estão sendo feitas cerca de cinco vistorias por dia, mas a tendência é aumentar. “É bom se antecipar, pois em fevereiro a fila costuma ficar grande”, disse Marcelo Ferreira, responsável pela Unidade de Fiscalização do Transporte Comercial da Urbs.

O trabalho é feito das 8h30 às 17 horas, por ordem de chegada no pátio da Urbs, atrás da Rodoviária de Curitiba. “Estava na praia e voltei para fazer a vistoria e correr atrás de deixar o carro em dia para a volta às aulas”, disse o motorista e proprietário de uma van escolar Willian Seco Sordi.

O transporte escolar é um serviço regulamentado e com licenciamento obrigatório. Em Curitiba é a Urbs quem controla o serviço, emite as licenças, fiscaliza o trabalho dos motoristas, acompanha a capacitação e vistoria o veículo.

Reprovação

O índice de reprovação dos veículos nas vistorias é grande, e muitos motoristas precisam voltar até a fiscalização da Urbs aprovar o carro e a documentação. Nesta quinta-feira (11/1), por exemplo, dos 5 veículos vistoriados, 4 foram reprovados.

“Neste caso foi a falta do dispositivo dianteiro, mas temos muitos casos de reprovação no tacógrafo, pneus, e também irregularidades nas luzes”, explicou Rudimar Stelmach, técnico de inspeção veicular da Urbs.

Quando aprovado, o veículo recebe o certificado para trafegar, o selo que fica colado do lado superior direito do para-brisa dianteiro, válido por seis meses.

Além do adesivo, que tem a data de validade da vistoria (seis meses), os pais ou responsáveis devem exigir o Certificado Cadastral do Condutor, documento concedido a motoristas profissionais que têm mais de 21 anos de idade e estão habilitados nas categorias "D" e "E".

O certificado só é fornecido aos motoristas com pelo menos dois anos de experiência profissional, bons antecedentes e que tenham curso específico de condutores de veículos.

A relação dos prestadores de transporte escolar licenciados pela Urbs pode ser consultada site www.urbs.curitiba.pr.gov.br, clicando em Transporte e, em seguida, em Transporte Escolar. A pesquisa está disponível por bairros.

Fonte: PMC

Urbs faz vistorias do transporte escolar dos veículos que atuam em Curitiba