KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 19/12/2017 às 09h37min - Atualizada em 19/12/2017 às 09h37min
.. O prefeito Rafael Greca recebeu na manhã desta segunda-feira (18/12), das mãos da secretária municipal da Saúde, Marcia Huçulak, o troféu Parceria Sustentável. A premiação foi feita pela Organização Mundial da Família (OMF) à Prefeitura de Curitiba pela implantação do Centro Comunitário Bairro Novo, conhecido como Maternidade Bairro Novo.

A homenagem foi feita na última quinta-feira (14/12), em Genebra, na Suíça, durante a comemoração de 70 anos da OMF. A instituição tem status consultivo especial junto às Nações Unidas. O troféu foi conferido ao prefeito Rafael Greca pela fundação da Maternidade Bairro Novo e foi recebido pela secretária da Saúde, Márcia Huçulak.

"Esse prêmio é um reconhecimento internacional do trabalho realizado. Divido esse troféu com a valorosa equipe da Saúde municipal que ao longo dos 21 anos manteve o Hospital do Bairro Novo como referência nacional em atenção aos bebês e suas mães", afirmou Greca.

A Maternidade Bairro Novo foi inaugurada pelo prefeito em 1996, durante sua primeira passagem pela Prefeitura. A maternidade se tornou referência do Programa Mãe Curitibana para as gestantes da área de abrangência do Distrito Sanitário do Bairro Novo. É voltada a gestantes de baixo risco e presta serviços exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A maternidade conta com 142 funcionários, sendo 21 ginecologistas/obstetras, nove pediatras e cinco enfermeiros obstetras. Em 2017, realizou 18.729 atendimentos ambulatoriais e 2.104 partos (74% normais, atendendo a indicação da Organização Mundial da Saúde).

“A Maternidade Bairro Novo transformou a vida das pessoas na comunidade e foi uma honra receber este reconhecimento mundial, em nome do prefeito Rafael Greca”, afirmou a secretária Márcia Huculak.

Entre as práticas de humanização adotadas pela maternidade, estão garantia da presença do acompanhante, plano de parto, massagens, banhos terapêuticos, exercícios respiratórios e na bola, escalda pés, ecografia ecológica e caminhadas.

A implantação de medidas pós-parto, como o contato pele a pele da mãe e o recém-nascido e o primeiro banho no balde, tornaram o hospital referência no atendimento humanizado e contribuíram para o baixo número de cesarianas.

Maternidade Bairro Novo

Inaugurado em 1996, como o Centro Médico Comunitário Bairro Novo, nome que leva na fachada até hoje, foi considerado o primeiro hospital próprio do município, atendendo às demandas do crescimento populacional da Região Sul da cidade na época, que exigiam novos equipamentos públicos, inclusive na área da Saúde.

Com a arquitetura de um hospital de campanha norte-americano, foi concebido para atender pacientes em cirurgias eletivas de baixa complexidade e funcionava por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal da Saúde e o Hospital Universitário Evangélico.

O centro médico incluía também a maternidade, que em 1998 conquistou o título de Iniciativa Hospital Amigo da Criança (Ihac), renovado este ano para o próximo triênio. Em março de 2013, passou a atender exclusivamente como maternidade e a ser administrada totalmente pela Prefeitura, por meio da Fundação Estadual de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes).

Fonte: AEN

Prêmio internacional é entregue na Maternidade Bairro Novo