KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 03/08/2017 às 06h32min - Atualizada em 03/08/2017 às 06h32min
..

O governador Beto Richa nomeou nesta terça-feira (01) 287 professores e pedagogos para atuar na rede estadual de ensino. Os nomeados foram aprovados em concurso público e deverão assumir uma carga horária de 20 horas semanais nas disciplinas de português, matemática, biologia, história, química, geografia, arte e inglês.



“Demonstramos, na prática, a prioridade do nosso governo com a Educação”, afirmou o governador Beto Richa. “Esta nova contratação é mais um exemplo do resultado do ajuste fiscal que fizemos para equilibrar as contas públicas. Isso permite reforçar o quadro do magistério e pagar avanços de carreira aos servidores estaduais”.



Os novos professores vão atuar em colégios estaduais dos núcleos regionais de educação de Curitiba, Área Metropolitana Norte, Área Metropolitana Sul, Campo Mourão, Cianorte, Francisco Beltrão, Guarapuava, Laranjeiras do Sul, Londrina, Maringá, Pato Branco, Ponta Grossa e Toledo. “Além de novos professores, o governo está revitalizando colégios com o programa Escola 1000”, destacou o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni.



A secretária de Estado da Educação, professora Ana Seres, destaca que a decisão de chamar os remanescentes do último concurso público do magistério contribui para valorizar o quadro próprio de professores da rede estadual. “É um ganho para a educação do Paraná”, disse a secretária.



Atualmente, a rede pública estadual tem mais de cem mil profissionais - entre professores e funcionários de escolas concursados e temporários -, 2,1 mil escolas e um milhão de estudantes matriculados.



REMUNERAÇÃO – Hoje, a remuneração do professor que inicia a carreira no Estado é de R$ 3,6 mil (sendo R$ 2,8 mil de salário e R$ 800 de auxílio-transporte), contra R$ 2,1 mil em 2010.



A remuneração média dentro do quadro do magistério é próxima a R$ 5,2 mil. O contracheque varia conforme o tempo de carreira, se o profissional ganha adicional por trabalho noturno e se tem pós-graduações, por exemplo.



Desde 2011, considerando a remuneração média dos professores da rede estadual, houve aumentos salariais de 146% e foram contratados 23,5 mil servidores da educação (professores e funcionários).



Fonte: Agência Estado



Richa nomeia 287 professores para a rede estadual de Educação