KIT MÍDIA Contato

por: Jhenifer Lorena Vieira - Curitiba(PR)

Data: 16/02/2017 às 13h16min - Atualizada em 16/02/2017 às 13h16min
..

O começo das aulas nos colégios estaduais do Paraná tem sido difícil para pais e alunos em Curitiba. Segundo eles, não há professores suficientes para atender todas as turmas em diferentes disciplinas, como Artes, Matemática, História e Educação Física. Em nota, a Secretaria Estadual de Educação (Seed) negou que haja problemas nos quadros de funcionários das escolas.



O Colégio Estadual Hasdrubal Bellegard, no Sítio Cercado, é uma das instituições que passam por esse problema. “Ontem, a minha filha que está no 6º ano foi para a escola e, durante uma reunião, foi avisada que há um déficit de professores para várias turmas, sem nenhum prazo para que a situação se regularize. Alguns docentes listaram as aulas que pegaram e deu para ver que algumas classes ficarão desfalcadas”, relatou Débora Cristina da Silva, mãe de uma estudante, em entrevista à Banda B nesta quinta-feira (16).



Segundo ela, não há substitutos ou outra ação que contorne o problema a curto prazo. “Para conseguir um professor de Matemática para o 7º ano à tarde, por exemplo, a diretoria falou em quatro meses. Houve ainda a ideia de aumentar o número de alunos nas turmas para minimizar os prejuízos. Mas isso não é certo, nós precisamos nos mexer e pedir por soluções”, completou.



A falta de professores também é realidade no Colégio Estadual Nirlei Medeiros, no Campo de Santana. De acordo com Maria Luiza dos Santos, avó de dois alunos, os estudantes foram dispensados porque não havia docente para todas as turmas.



“As crianças do oitavo e nono ano foram simplesmente liberadas. A diretoria disse para eles voltarem só na próxima segunda-feira porque precisam contratar professores. Mas se eles não fizeram isso até agora, quando é que vão fazer?”, questionou à reportagem.



Outro lado



Em nota, a Secretaria de Estado da Educação informou que os alunos do Colégio Estadual Nirlei Medeiros, em Curitiba, estão tendo aulas normalmente. “O mesmo acontece no Colégio Estadual Hasdrubal Bellegard. Houve casos pontuais de falta de professores em algumas escolas estaduais em Curitiba devido à paralisação da distribuição de aulas em decorrência de liminares do sindicato da categoria. A Secretaria distribui aulas para professores temporários e a situação deve ser normalizada ainda nesta semana”, finalizou a nota.



Falta de professores marca início das aulas em colégios estaduais e pais se revoltam; Secretaria nega