KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 15/04/2014 às 09h12min - Atualizada em 15/04/2014 às 09h12min
..Com o retorno de Rachel Sheherazade a bancada do SBT Brasil nesta segunda-feira (14), o SBT enviou um comunicado à imprensa informando que os comentários dos telejornais serão feitos pela equipe de jornalismo em forma de editorial, isentando assim seus âncoras de exporem suas opiniões.

No dia 4 de fevereiro, Rachel se envolveu em uma polêmica, ao apoiar o ato de três moradores do Flamengo, no Rio de Janeiro, que torturaram e prenderam um suposto ladrão de 16 anos em um poste.

Pressionado por comissões parlamentares e pela ameaça de perder mais de R$ 150 milhões em verbas publicitárias governamentais, o SBT decidiu retirar temporariamente a âncora e comentarista Rachel Sheherazade do ar, conforme noticiou o colunista do UOL, Ricardo Feltrin.

O SBT também está sob investigação pela Procuradoria Geral da República, por suposta apologia ao crime.

Enquanto esteve fora do ar, Rachel usou seu perfil no Facebook para afirmar que estaria de férias. "Mais uma vez desfazendo boatos. Estou de férias e volto a bancada do SBT Brasil no dia 14 de abril".

Leia o comunicado na íntegra:

Em razão do atual cenário criado recentemente em torno de nossa apresentadora Rachel Sheherazade, o SBT decidiu que os comentários em seus telejornais serão feitos unicamente pelo jornalismo da emissora em forma de editorial.

Essa medida tem como objetivo preservar nossos apresentadores Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto, que continuam no comando do SBT Brasil.

SBT veta comentários de Rachel Sheherazade em telejornal