KIT MÍDIA Contato

por: Ana Caroline Cortes - Curitiba(PR)

Data: 25/05/2014 às 23h50min - Atualizada em 25/05/2014 às 23h50min
..Em um dia bonito de sol, Maria Cecília procurava encontrar os principais caminhos,
que a levavam ao real sentido da felicidade.

Naquela tarde, ela foi a um dos parques de Curitiba, seu preferido, o Parque Jardim Botânico, onde ela gostava de passar horas e horas, sentindo aquela sensação gostosa do ar livre,
que só sentia ao estar na presença da natureza, transmitindo uma paz interior e ouvindo os barulhos dos pássaros.

Chegando lá, ela começou a observar todas as pessoas e detalhes ao seu redor, percebeu que a busca da felicidade é o combustível que move a humanidade. É ela que nos força a estudar, trabalhar, ter fé, realizar as coisas, gastar dinheiro e fazer amizades.

Vivemos em uma época que ser feliz é obrigação e temos levado esse truque muito a sério.
Um dos motivos por a felicidade ser tão difícil de alcançar é que não sabemos o seu significado, o prazer sabe sua definição. Trata-se de uma sensação boa que sentimos quando fazemos algo que gostamos, ouvimos uma música, dançamos, comemos algo ao qual sentimos satisfação.

Um jeito fácil de perceber o prazer nas pessoas é procurar em seu rosto por um sorriso ou encontrar seus olhos brilhantes. A vantagem de dividir a felicidade pode ser que fica mais fácil de realizar seus objetivos.

Sua amiga falou sobre o sentido da felicidade, manifestou sua visão sobre o assunto, falando que não poderia receber de outra pessoa, antes de passar essa sensação para alguém.

Mas, para encontrar a felicidade temos que juntar três coisas: o engajamento, prazer e significado. A chave da felicidade está dentro de nós: o livre arbítrio. Decisão que vem num turbilhão e modificam toda uma existência, não tenha medo de viver! Não há certezas, apenas tentativas.

Tudo depende do que você decide nesse exato instante. Cada dia tem o seu segredo. A realidade é escolha sua, faça bom proveito!

Medo de mudanças em nossa vida? São transformações para o nosso crescimento, experiências para melhorarmos como indivíduos.

Não importa a duração da sua felicidade e sim a intensidade dos sentimentos.

Quem não se permite, pelo menos, uma vez na vida, morre lentamente.
Viva hoje! Arrisque hoje! Faça hoje!
Não se deixe morrer lentamente!
Não se esqueça de ser feliz!





A busca da felicidade