KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 05/02/2018 às 10h16min - Atualizada em 05/02/2018 às 10h16min
.. A Prefeitura de Curitiba tem investido com seriedade na saúde da população. Em 2017, a administração destinou quase um quarto do orçamento para aprimorar o setor: 22,01% da receita líquida do município foi para melhorar o atendimento nas unidades de saúde e nos hospitais da cidade.

A cidade investiu R$ 1,7 bilhão em Saúde no ano passado, com recursos próprios somados a verbas recebidas das esferas estadual e federal. “O maior orçamento da saúde na história recente da secretaria foi feito pelo prefeito Rafael Greca no ano passado”, destaca a secretária municipal da Saúde, Marcia Huçulak.

O maior investimento na pasta dos últimos anos havia sido em 2015, com destinação de 21,2% do orçamento municipal. No ano seguinte, a fatia foi de 21,17%. Em 2013 e 2014, a porcentagem reservada à Saúde foi de 20,48%.

O investimento ajudou acertar as contas deixadas pela gestão anterior e começar projetos de melhoria no atendimento à população. Um dos primeiros passos foi pagar os fornecedores de medicamentos, que se recusavam a entregar os produtos por conta de dívidas em aberto da gestão anterior. Curitiba pôde então voltar a comprar da indústria, reabastecendo a Farmácia Curitibana com medicamentos.

Também foi possível extinguir as cotas para exames laboratoriais solicitados nos postos de saúde, acabando com uma fila represada de 55 mil exames. Atualmente, o Laboratório Municipal realiza 350 mil exames por mês, sem custo para o paciente.

“Tínhamos muitas contas a pagar da gestão anterior. Só de recursos para hospitais, pagamos em 2017 quase R$ 70 milhões de dívidas feitas entre 2013 a 2016. Graças à determinação do nosso prefeito e sua decisão de alocar os recursos necessários na Saúde, conseguimos colocar o trem no trilho. Agora, vamos fazê-lo andar”, complementou a secretária.

Entre outras ações, foram realizados os mutirões da estratégia Saúde Já, que tiraram mais de 150 mil pessoas das filas das especialidades.

O Aplicativo Saúde Já foi implantado em todas as 111 unidades de saúde, permitindo que os usuários agendem previamente o primeiro atendimento com a equipe de enfermagem e com a odontologia, evitando as filas da madrugada. Já são mais de 65 mil agendamentos.

Números de 2017

22,01% do orçamento municipal foi destinado à Secretaria Municipal da Saúde.

R$ 1,7 bilhão foi o total investido com a Saúde em Curitiba (somando-se a receita líquida municipal e transferências de receita estadual e federal).

187,5 mil unidades de medicamentos foram entregues à população.

R$ 634,3 milhões foram pagos aos prestadores do SUS Curitibano (hospitais Mater Dei, São Vicente, do Trabalhador, Cajuru, Erasto Gaertner, Nossa Senhora das Graças, Evangélico, Pequeno Príncipe, Pinel, Santa Casa de Misericórdia, Cruz Vermelha e Bom Retiro).

2,7 milhões de consultas foram realizadas nas Unidades de Saúde (1,9 milhões de consultas médicas e 869,5 mil de consultas com enfermeiros).

1,6 milhões de procedimentos odontológicos realizados nas Unidades de Saúde.

1 milhão de atendimentos foram realizados nas UPAS.

350 mil exames laboratoriais realizados por mês no Laboratório Municipal.

Prefeitura fez investimento recorde para melhorar a Saúde em 2017