KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 24/01/2018 às 09h46min - Atualizada em 24/01/2018 às 09h46min
.. Um relatório publicado nesta segunda-feira (22) pela organização humanitária Oxfam revelou números surpreendentes sobre a desigualdade econômica: 82% de toda a riqueza gerada em 2017 acabou nos bolsos de 1% da população.

O aumento da desigualdade, segundo a própria Oxfam, acontece por conta de alguns fatores: sonegação de impostos, cortes de custos, trabalhadores pessimamente pagos e a influência de empresários em decisões políticas.

O relatório também apontou que a riqueza de bilionários aumentou 13% ao ano, em média, entre 2006 e 2015 – e, em 2017, estes mesmos bilionários tiveram um aumento de US$ 762 bilhões em suas fortunas. Enquanto isso, a metade mais pobre do mundo não teve nenhum aumento de renda. Mais: os 42 bilionários do topo do ranking mundial têm, juntos, mais dinheiro que 3,7 bilhões de pessoas – a metade mais pobre da população mundial.

O presidente executivo da Oxfam, Mark Goldring, considerou as estatísticas como um sinal de que “algo está errado com a economia mundial”. E completou: “Concentração de riqueza extrema não é um sinal de economias bem-sucedidas, mas sim o sintoma de um sistema que está falhando”.

Fonte: Super interessante

82% da riqueza gerada em 2017 foi para 1% da população