KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 17/01/2018 às 09h38min - Atualizada em 17/01/2018 às 09h47min
.. Para eliminar a gordura visceral é necessário fazer uma dieta hipocalórica, sem açúcares e praticar uma atividade física, como caminhada por 30 minutos, todos os dias, durante 3 meses, para perceber a redução da barriga.

Eliminar a barriga com ajuda de um nutricionista, neste caso, é muito importante porque essa gordura que se acumula na barriga por cima dos órgãos, como o fígado, estômago, intestino e coração, dificulta o funcionamento deles provocando uma síndrome metabólica que resulta no desenvolvimento de doenças, como diabetes, colesterol alto e hipertensão.

Além disso, podem ser adicionados na dieta alimentos termogênicos, como canela, café, gengibre ou chá verde, por exemplo, para ajudar a acelerar o metabolismo e facilitar a perda de gordura.

Dieta para eliminar gordura visceral
A dieta para eliminar a gordura visceral é fácil de seguir e consiste principalmente em comer alimentos com pouca gordura e açúcar, como:

Maçã, pera, morango, kiwi, abacaxi;
Acelga, espinafre, alface, couve, rúcula;
Abóbora, salsão, abobrinha, pepino, beterraba, tomate, cebola;
Peixes, como pescada, linguado, robalo, dourada;
Carne de frango ou peru;
Amêndoas, nozes, avelãs, sementes de chia, linhaça, abóbora ou girassol.
Frutas muito doces, como caqui, uvas ou figos não devem ser consumidos por quem quer perder a gordura visceral.

Outros alimentos que por serem ricos em gordura e açúcar facilitam o acumulo de gordura visceral são embutidos, frituras, bolos, bolachas, chocolates, balas, refrigerantes, refeições prontas, molhos, pizzas e lasanhas. As bebidas alcoólicas também estão proibidas porque têm muitas calorias e vão fazer com que a gordura se acumule mais facilmente por cima dos órgãos.

Exercícios para eliminar a gordura visceral
Praticar qualquer atividade física já ajuda a estimular o metabolismo e a queima de gordura, mas para combater a gordura visceral o ideal é praticar exercícios aeróbicos e treinos que forcem o abdômen, como abdominais e prancha.

Dentre os aeróbicos, pode-se praticar caminhada, corrida, natação, ciclismo e pular corda, sendo importante fazer pelo menos 30 minutos por dia.

Como medir a gordura visceral
Para medir a gordura visceral pode-se fazer uma tomografia computorizada, ressonância magnética ou ecografia. Porém, medir a barriga com fita métrica é uma forma mais simples de verificar se a gordura que se acumula na barriga está em excesso.

Ao medir a circunferência da cintura os homens não devem ter mais de 94 cm e as mulheres mais de 80 cm, pois valores superiores correspondem a um maior risco de ter diabetes e doenças cardiovasculares, como Infarto ou AVC.

Lipoaspiração não elimina a Gordura Visceral
Apesar de ser uma cirurgia que elimina gordura na barriga, a lipoaspiração remove apenas a gordura que está abaixo da pele, não chegando a retirar a gordura visceral, que fica mais profunda no abdômen, junto dos órgãos.

Em muitos casos, após uma lipoaspiração, a quantidade de gordura visceral pode até aumentar caso o paciente não pratique atividade física regularmente, pois já não há tantas células de gordura sob a pele e o excesso da alimentação acaba sendo armazenado na gordura visceral.

Para combater a acúmulo de gordura no corpo é muito importante fazer uma alimentação adequada.

Fonte: Tua Saúde

Como eliminar a gordura visceral