KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 07/11/2017 às 08h58min - Atualizada em 07/11/2017 às 08h58min
.. A Prefeitura de Curitiba, em parceria com a Oftalmoclínica Curitiba e a Retina Curitiba, promove no próximo sábado (11/11) o evento “Retina do Bem”, que acontece na unidade de saúde Ouvidor Pardinho, das 7h às 17h. A ação faz parte da estratégia Saúde Já da Prefeitura para reduzir as filas de especialidades médicas. A estimativa é atender 4,5 mil pacientes portadores de diabetes do SUS, que estavam previamente cadastrados também na fila da oftalmologia.

A ação Retina do Bem acontece próxmo da data do Dia Mundial da Diabetes (14/11), doença que atinge mais de 400 milhões de pessoas no mundo. O objetivo é evitar uma das principais complicações entre os portadores de diabetes a retino diabética (cegueira da diabetes), uma das principais causas de cegueira em pessoas jovens.

Com o passar dos anos, o portador de diabetes vai sofrendo lesões nos pequenos vasos sanguíneos, especialmente no fundo do olho, ocasionando a retinopatia diabética. Como a patologia tem rápida evolução, o diagnóstico e tratamento precoces são fundamentais para a preservação da visão e qualidade de vida dos pacientes.

“Em um esforço concentrado, será possível retirar da fila da Oftalmologia os pacientes portadores de diabetes. Assim, agimos rápido no diagnóstico e tratamento, diminuindo a possibilidade de cegueira”, afirma a secretária municipal da saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.

O projeto Retina do Bem é inédito e todos os exames e consultas programadas para o próximo sábado (11/11) serão gratuitos, inclusive não haverá gastos para o Sistema Único de Saúde (SUS). “O evento não tem fim lucrativo e busca unicamente contribuir com o diagnóstico e tratamento dessa doença, que leva à cegueira”, afirma o coordenador da ação e sócio-proprietário da Oftalmoclínica, o oftalmologista João Guilherme Oliveira de Moraes. Médicos, enfermeiros e demais profissionais envolvidos na campanha também são todos voluntários.

Como vai funcionar

Pacientes portadores de diabetes do SUS, previamente cadastrados na fila da Oftalmologia, serão convocados para participar da ação. Eles receberão a guia de agendamento, por meio da sua unidade de saúde, com o horário de atendimento. A secretária Marcia Huçulak alerta que o chamamento dos pacientes será feito em base ao cadastro preenchido na Unidade de Saúde. "Por isto, é importante manter as informações atualizadas para ser chamada para os atendimentos que estão feitos por mutirões", diz Huçulak.

No dia do evento, os pacientes serão avaliados e, se necessário, farão exame de mapeamento de retina e retinografia digital, que podem diagnosticar a retinopatia diabética, seguido de tratamento. Já os pacientes diagnosticados com a doença passarão por a fotocoagulação a lase. tratamento que cauteriza os cóagulos na retina. Já as pessoas com quadros mais graves da doença serão encaminhados ao serviço cirúrgico, dando seguimento ao tratamento após as medidas iniciais.

Para a ação, uma estrutura será montada na Praça Ouvidor Pardinho, com equipe de recepção, de apoio, enfermeiros e 40 oftalmologistas de plantão. Quem for espontaneamente ao evento vai poder também receber orientações sobre diabetes e assistir palestras relacionadas ao tema.

Retina do Bem 2017

Horário: 7h às 17h

Local: Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho

Rua 24 de maio S/N - Rebouças

Site: www.retinadobem.com.br

Fonte: PMC

Saúde Já Curitiba vai atender fila de "cegueira da diabetes"