KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 02/10/2017 às 10h16min - Atualizada em 02/10/2017 às 10h16min
..

A última semana provou a vocação internacional de Curitiba. O prefeito Rafael Greca recebeu a visita de delegações de diversos países, buscando inovação e intercâmbio em áreas, como: educação, arte, cultura, tecnologia, mobilidade, turismo e sustentabilidade, entre outras. “Curitiba amplia sua relação com os demais países para consolidar suas potencialidades com o mercado europeu e com os mercados asiático e africano”, ressaltou Greca.



Já na segunda-feira (25/9), Greca e representantes de instituições de ensino suecas e locais assinaram um termo de entendimento para o desenvolvimento do ciclo agroalimentar sustentável em Curitiba e na Região Metropolitana. A cerimônia teve a presença do ministro do Desenvolvimento Agrário da Suécia, Sven-Erik Bucht, que, em visita à capital, assinou o documento como testemunha.



Na terça-feira (26/9), o prefeito celebrou uma parceria entre a Prefeitura de Curitiba e o governo da Finlândia, que vai permitir que professores da rede municipal façam intercâmbio pedagógico com o país, a partir do ano que vem. A Finlândia é apontada como país detentor da melhor educação do mundo. O anúncio foi feito por Greca, em uma cerimônia junto ao embaixador da Finlândia no Brasil, Markku Virri, e a embaixadora da Educação do Ministério das Relações Exteriores daquele país, Marianne Huusko.



Na quarta-feira (30/9), Greca recebeu uma comitiva do estado de Plateau, Nigéria. Liderada pelo secretário de estado de Plateau, Rufus Daniel Bature, a delegação africana conversou com o prefeito sobre uma parceria na área cultural e no intercâmbio acadêmico. “Temos um grande interesse e podemos contribuir também na área de planejamento urbano”, comentou Greca. “O nosso Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Curitiba pode contribuir nessa área”, disse.



Na quinta-feira (28/9), uma comitiva chinesa fez um passeio turístico por Curitiba. Motivados pelo início da Bienal de Curitiba, que tem a China como país homenageado, o grupo aproveitou para conhecer melhor a cidade. Entre eles estava o embaixador da China no Brasil, Li Junzhang. Neste sábado (30/9), foi inaugurado o Largo da China, criado para receber a estátua de Confúcio esculpida pelo artista chinês Wu Weishan. A obra é um presente do governo chinês à cidade, em virtude da Bienal de Curitiba.



Também na quinta-feira, o cônsul-honorário do Brasil na República Dominicana, Tácito Cordero, visitou Greca. O propósito foi a renovação de um convênio de Curitiba com a cidade dominicana de Santiago de Los Caballeros. O acordo foi encerrado nos anos 2000, e tinha como foco a educação urbana, tocando temas como planejamento urbano, ambiental e de transportes. Greca sinalizou interesse e solicitou ao Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Curitiba que estude formas de reavivar a parceria.



Na sexta-feira (29/9), a capital do Paraná foi anunciada nova sede do Congresso Ibero-americano de Municipalistas, um dos maiores encontros de administradores municipais do mundo. “Fechamos a semana com Curitiba sendo escolhida para sediar este importante congresso, que vai acontecer em 2019”, comemorou Greca.



O comunicado aconteceu na cidade colombiana de Manizales, onde Curitiba foi representada pelo presidente do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), Alexandre Jarschel de Oliveira, e a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra, que defenderam a candidatura da cidade.



Curitiba Internacional



A Prefeitura têm trabalhado para estreitar relações com grandes organismos internacionais. Somente no primeiro semestre, 34 delegações internacionais foram recebidas, totalizando mais de 350 autoridades e técnicos estrangeiros que vieram à cidade para aprender e trocar experiências. “A comunidade internacional tem na Prefeitura de Curitiba uma instituição amiga”, salientou o assessor de Relações Internacionais da Prefeitura, Rodolpho Zannin.



Ainda nos primeiros seis meses do ano, Curitiba celebrou protocolos de intenções de cooperação técnica com Orlando e Columbus – duas de suas cidades-irmãs. Também em junho deste ano foi feita a Orlando Week, que promoveu intercâmbio em diversas áreas com a cidade-irmã na Flórida, EUA. Na ocasião, o vice-prefeito da cidade americana, Tony Ortiz, foi recebido pelo prefeito Rafael Greca.



Curitiba também passou a integrar a iniciativa da União Europeia MobiliseYourCity, uma rede de cidades em busca de soluções sustentáveis para mobilidade urbana. No Brasil, somente Curitiba e Recife foram selecionadas para participar do programa.



Semana marca Curitiba próxima à comunidade internacional