KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 21/09/2017 às 09h15min - Atualizada em 21/09/2017 às 09h15min
..

Moradora do Novo Mundo, Ida Moser, 72 anos, sempre vai ao mesmo local comprar hortifrutigranjeiros para o preparo das refeições. Uma vez por semana, Elsa Correa, 71 anos, percorre os corredores de um determinado endereço no Capão Raso para repor, sem gastar muito, os gêneros alimentícios da despensa. Já Ercias de Araújo Bueno, 75 anos, reconhece que não tem talento para cozinhar e que, por isso, sempre é um dos primeiros a entrar na fila para receber o almoço balanceado servido no estabelecimento do Pinheirinho.  



As histórias dos três aposentados, frequentadores, respectivamente, do Sacolão da Família do Pinheirinho, do Armazém da Família do Capão Raso e do Restaurante Popular do Pinheirinho, resumem bem a importância dos estabelecimentos da Prefeitura que garantem acesso à boa alimentação a preços acessíveis. Em comum, os três personagens têm também o fato de morarem em bairros que integram a Regional do Pinheirinho (Capão Raso, Pinheirinho, Novo Mundo, Lindoia e Fanny), que reúne dez locais e programas administrados pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab).



“Só os Armazéns da Família da Prefeitura atendem 38,1 mil famílias cadastradas dos cinco bairros. Elas têm acesso a gêneros alimentícios e itens de higiene e limpeza a preços, em média, 30% mais baratos que no comércio local”, destaca Maria Augusta Gomes, chefe de Núcleo da Smab na Regional Pinheirinho. Além disso, 18 mil pessoas fazem compras, mensalmente, no Sacolão do Pinheirinho, que oferece hortifrutigranjeiros frescos. “Sem falar no Restaurante Popular que fornece, diariamente, 800 refeições com cardápio saudável, com ingredientes menos gordurosos e sem fritura”, observa ela.



Maria Augusta conta que o Núcleo da Smab na regional é responsável pelo controle das atividades descentralizadas da secretaria nos Armazéns da Família Pinheirinho, Maria Angélica e Capão Raso; no Sacolão da Família Pinheirinho; no Varejão Capão Raso; no Restaurante Popular Pinheirinho; na Feira Gastronômica do Capão Raso; e nos pontos do Nossa Feira da Vila Lindoia, Capão Raso e Novo Mundo. “Acompanhamos a qualidade dos serviços oferecidos pelos estabelecimentos e programas da secretaria na região, bem como recebemos e encaminhamos os pedidos da população dos quatro bairros”, enumera ela.



Cadastro obrigatório



O núcleo da Smab na Regional Pinheirinho é responsável pelo cadastro dos moradores com renda familiar de até cinco salários mínimos e que podem comprar nos Armazéns da Família. “Apesar de as famílias beneficiadas poderem fazer compras em todos os 33 armazéns da Prefeitura, o cadastro precisa ser feito nas regionais dos bairros em que elas vivem. Quem reside no Capão Raso, Pinheirinho, Novo Mundo, Lindoia e Fanny deve fazer o cadastramento na Regional Pinheirinho”, reforça ela.



Moradora do Capão Raso, aposentada Elsa Correa faz compras há dois anos no Armazém da Família do bairro, atraída pelo preço acessível e a qualidade dos produtos. “Venho, ao menos, uma vez por semana para comprar pequenas coisas e, no fim do mês, com meu filho, para levar coisas maiores, como arroz, açúcar e outros mantimentos. Encontro tudo o que quero, o preço é muito melhor que nos supermercados e a qualidade não deve em nada para outros locais”, salienta ela, enquanto faz compras na unidade dentro do Shopping Popular do Capão Raso.



Serviço



Para fazer compras nos 33 Armazéns da Família da Prefeitura, os moradores do Capão Raso, Pinheirinho, Novo Mundo, Lindoia e Fanny, com renda familiar de até cinco salários mínimos, devem se cadastrar no Núcleo da Smab na Regional Pinheirinho, na Rua Winston Churchill, 2.033, sala 06 I, Pinheirinho. Mais informações: (41) 3313-5425 e 3313-5426.



 



Alimentação saudável no sacolão, restaurante popular e Nossa Feira



Se nos três Armazéns da Família da Regional Pinheirinho, a população beneficiada pelo programa tem acesso a gêneros alimentícios e itens de higiene e limpeza mais baratos, no Sacolão do Pinheirinho, no Varejão do Capão Raso e nos três pontos do Nossa Feira, os moradores podem comprar frutas e hortaliças frescas com preços até 40% mais em conta que no varejo. “A Prefeitura também tem a missão de estimular a população a consumir alimentos frescos e saudáveis e esses locais garantem essa possibilidade”, destaca Maria Augusta Gomes, chefe de Núcleo da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab) na Regional Pinheirinho.



A aposentada Ida Moser, ao menos uma vez por semana, vai ao Sacolão do Pinheirinho, que fica anexo ao terminal de ônibus do bairro. “Gosto da variedade, o preço é muito bom e sempre encontro o que preciso para preparar as refeições”, conta ela, que também já fez compras no Nossa Feira do Novo Mundo, bairro onde mora. “A gente consegue comprar mais alimentos com o que economizo”, garante dona Ida, que no Sacolão do Pinheirinho pode adquirir hortifrutigranjeiros ao preço de R$ 1,99 o quilo e, no Nossa Feira, frutas e verduras ao preço máximo de R$ 2,29 o quilo.



Cardápio balanceado



O aposentado Ercias de Araújo Bueno, 75 anos, começou a almoçar diariamente no Restaurante Popular do Pinheirinho há três anos e o tempero de Cida Aparecida de Lima, a cozinheira-chefe da unidade, continua conquistando o paladar dele. “Tudo é bem feitinho, todo dia tem algo diferente”, justifica o aposentado.



Diariamente, os alimentos servidos no Restaurante Popular do Pinheiro e nas demais unidades da Prefeitura (Centro, CIC/Fazendinha e Sítio Cercado) precisam trazer, com equilíbrio, carboidrato, proteínas, fibras, vitaminas e minerais. Além disso, não há fritura. Cada refeição custa R$ 2.



 



Estabelecimentos e programas do Núcleo da Smab na Regional do Pinheirinho:



Armazém da Família Pinheirinho



Av. Winston Churchill, 15 (anexo ao Terminal de Ônibus Pinheirinho)



Terça a sexta-feira das 8h45 às 17h15. Sábados das 8h30 às 13h





Armazém da Família Maria Angélica



Rua Prof. Júlio Theodorico Guimarães, 388-A, esquina com Rua Monte Sinai, Pinheirinho



Terça a sexta-feira das 8h45 às 17h15. Sábados das 8h30 às 13h





Armazém da Família Capão Raso



Rua República Argentina, 5.259, dentro do Shopping Popular e junto ao Terminal de Ônibus Capão Raso



Terça a sexta-feira das 9h às 17h15. Sábados das 9h às 13h





Sacolão da Família Pinheirinho



Av. Winston Churchill, 15 (anexo ao Terminal de Ônibus Pinheirinho)



Segunda a sexta-feira das 9h às 20h30. Sábados das 9h às 20h





Feira Gastronômica Capão Raso



Toda sexta-feira, das 17h às 22h



Largo Padre Albino Vico, ao lado da Igreja São José





Restaurante Popular Pinheirinho



Rua Marechal Rondon, 40, Capão Raso



Telefone: 3248-6251



Segunda a sexta-feira, das 11h às 14h





Nossa Feira Novo Mundo



Toda terça-feira, das 16h às 20 h



Rua Rosalino Mazzioti entre Rua Eduardo Carlos Pereira e Rua Doutor José Palú





Nossa Feira Vila Lindoia



Toda quinta-feira, das 16h às 20h



Rua Conde dos Arcos entre Avenida Santa Bernardete e Rua Galileu Galilei





Nossa Feira Capão Raso



Toda sexta-feira, das 16h às 20h



Rua José Zaleski entre Rua Laudelino Ferreira Lopes e Rua Francisco Biscardi





Varejão Capão Raso



Segunda-feira a sábado, das 9h às 18h



Avenida República Argentina, 5.259, dentro do Shopping Popular e ao lado do terminal de ônibus



Fonte: PMC



Dez endereços da Prefeitura garantem boa alimentação a preço acessível