KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 18/09/2017 às 09h42min - Atualizada em 18/09/2017 às 09h42min
..

Um programa em família: pai, mãe e os dois filhos da família Theodorovicz dedicaram parte da manhã deste sábado (16/9) para participar do Dia D da Campanha de Multivacinação e foram até a Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho atualizar a carteira de vacinação das crianças. Nicolas, 7 anos, conferiu que estava com todas as doses em dia e Eloísa, 3 anos, colocou em dia a dose oral da vacina contra a poliomielite.



Como eles, muitas outras famílias participaram do Dia D. Foram aplicadas 2.933 doses em pessoas de 0 a 15 anos. Dezoito postos de saúde ficaram abertos durante todo sábado e receberam 2.996 crianças e adolescentes. Deste público, 1.287 pessoas tinham alguma pendência na carteira de vacinação. 



Desde o início da campanha, em 11 de setembro, foram aplicadas 15.684 doses em 3.988 crianças e adolescentes.



O diretor de pós-vendas Peterson Theodorovicz, 37 anos, pai da Eloisa e do Nicolas, conta que o Dia D foi a oportunidade ideal para garantir a saúde dos filhos. “Um dia como esse é essencial”, disse ele. "Viajo bastante, minha esposa tem uma agenda apertada e ter um sábado para trazer as crianças para vacinar foi bastante importante." 



Ele conta que por falhas na sua própria vacinação durante a infância contraiu sarampo e catapora. "A Eloísa e o Nicolas estão crescendo muito saudáveis. A imunização em dia é importante para fechar a porta de entrada para doenças que podem marcar a vida toda da pessoa”, diz o pai.



A secretária municipal da Saúde, Marcia Huçulak, destaca a importância de todos os pais terem a mesma atenção de Theodorovicz. “É um desafio grande para Curitiba, há uma mudança significativa de uma parcela dos pais, que têm optado em não levar seus filhos para a vacinação”, afirma. "A vacina é eficaz na prevenção de doenças e nosso papel é oportunizar mais momentos como este Dia D para manter toda a população imunizada.”



Marcia visitou várias das  unidades de saúde durante o sábado, como no Sítio Cercado, Bacacheri, Pilarzinho, Boqueirão, Alto Boqueirão, Vila Oficinas, Cajuru, CIC, Centro, Novo Mundo, Santa Quitéria, São Braz, Tatuquara e Campo do Santana.



Programa família

As irmãs Maria Elisa, 6, e Ana Julia, 10, também foram à unidade de saúde acompanhada dos pais para colocar a carteira vacinal em dia. A mais nova estava com a imunização atualizada; Ana foi orientada a tomar a primeira dose para HPV e da vacina tríplice viral. O pai, o médico Carlos Alberto Guimarães, aprovou a abertura especial dos postos no sábado.”Foi uma facilidade, já que durante a semana é a correria dos horários das aulas delas e os horários do meu trabalho e da minha mulher. E cuidar da prevenção é indispensável”, disse.



Campanha Multivacinação 

A vacinação nos 110 postos de saúde para atualizar a carteira vacinal de crianças e adolescentes de 0 a 15 anos está sendo realizada durante a Campanha Nacional de Multivacinação e segue até a próxima sexta-feira (22/9).  É importante levar a caderneta de vacinação e documentos pessoais da criança ou do adolescente para uma avaliação da equipe da saúde.



Deixar de receber vacinas ou doses completas pode prejudicar o objetivo do programa de vacinação, uma vez que a proteção individual e coletiva deixa de ser alcançada.



As vacinas disponíveis para crianças menores de 7 anos de idade são: BCG, hepatite B, pentavalente, VIP, VOPb, pneumocócica 10 valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral, DTP, hepatite A, varicela.



Para os adolescentes de até 14 anos, 11 meses e 29 dias estarão disponíveis as vacinas tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba), contra HPV, difteria e tétano, febre amarela e hepatite B.



Fonte: PMC



Sábado de multivacinação rende 2.933 doses de imunização para população