KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 14/09/2017 às 08h01min - Atualizada em 14/09/2017 às 08h01min
..

A Secretaria de Estado da Educação entregou nesta quarta-feira (13), em Paranaguá, o Prêmio Gestão Paraná às escolas estaduais que se destacaram pela administração coletiva e inovadora. As vencedoras foram selecionadas por trabalhar com projetos pedagógicos inovadores, praticar a gestão participativa dos recursos públicos e envolver a comunidade nas decisões.

“O envolvimento da comunidade no dia a dia da escola faz toda a diferença porque torna as administrações mais democráticas e ampliam as possibilidades de atividades pedagógicas inéditas que proporcionam e garantem a qualidade do ensino aos nossos estudantes”, disse a secretária da Educação, professora Ana Seres.



O primeiro lugar na regional ficou com o Colégio Estadual Prefeito Joaquim da Silva Mafra, de Guaratuba. O colégio foi contemplado com R$ 6 mil que serão aplicados em melhorias na unidade após consulta à comunidade escolar.



“Acredito que esse prêmio é resultado do engajamento e comprometimento de toda equipe da escola com a nossa proposta de trabalho. Esse reconhecimento externo é resultado do trabalho coletivo”, disse o diretor Wesley Oliveira do Prado. A escola possui mais de 1,5 mil matrículas dos ensinos fundamental e médio.



Em segundo lugar ficou a Escola Estadual Faria Sobrinho, em Paranaguá, que recebeu R$ 4 mil. A diretora Liliana Kffuri disse que a premiação serve como incentivo. “Muitas escolas fazem bons trabalhos. Esse reconhecimento serve como motivação estarmos aqui nas próximas edições. É a valorização da gestão que faz o diferencial na escola e querermos sempre mais e o melhor para a educação pública do nosso Estado”, disse Liliana.



A Escola Estadual Roque Vernalha, também de Paranaguá, recebeu R$ 3 mil com a terceira colocação. “É o reconhecimento do Governo do Paraná, por meio da Secretaria da Educação, pelo trabalho que desenvolvemos na escola e também é uma oportunidade de mostrarmos para a comunidade que o trabalho está sendo bem feito e de forma democrática”, disse o diretor Bruno dos Santos Rueda.



CONSULTA - As escolas vão realizar consultas junto com a Associação de Pais, Mestres e Funcionários (APMF), Conselho Escolar, estudantes e a comunidade escolar para definir onde aplicar os recursos, que podem ser utilizados na compra de materiais de consumo, pequenos reparos e outras despesas relacionadas à atividade educacional.



Ainda serão contempladas neste ano escolas pertencentes aos Núcleos Regionais de Educação de Telêmaco Borba, Loanda, Campo Mourão, Apucarana, Laranjeiras do Sul, Foz do Iguaçu, Área Metropolitana Sul e Irati.

Em 2018, o Governo do Estado vai escolher a melhor gestão escolar de todo o Estado. Para a edição estadual serão elaborados novos critérios a serem cumpridos pelas unidades de ensino.



O prêmio de gestão faz parte do programa Minha Escola Tem Ação (Meta), da Secretaria da Educação, que busca reduzir os índices de evasão e elevar a qualidade do ensino público por meio da gestão escolar participativa. A ação também integra as comemorações dos 70 anos da Secretaria da Educação, comemorados em maio deste ano.



(BOX)

Núcleo Regional de Educação de Paranaguá completa 25 anos



Durante a premiação também foi comemorado o aniversário de 25 anos do Núcleo Regional de Educação de Paranaguá, com homenagens a funcionários destaque e ex-funcionários. “Muitas pessoas fizeram parte da história do núcleo. Por isso essa homenagem para agradecer a essas pessoas que doaram parte de suas vidas a favor da educação do Litoral”, destacou a chefe da regional, Selma Carmago Meira. O NRE possui 60 escolas estaduais divididas em sete municípios e atende mais de 34 mil estudantes dos ensinos fundamental e médio.



A servidora Luci Costa Pinto trabalha na regional há 24 anos. Segundo ela, a homenagem é um estímulo para continuar contribuindo com a qualidade da educação. “É emocionante porque amamos o que fazemos e porque acreditamos que a educação é peça transformadora da sociedade. Fazer parte desse processo é motivo de orgulho”, destacou.



Para celebrar os 70 anos da Secretaria de Estado da Educação, a regional também organizou uma exposição com mobiliários e uniformes dos anos 1.940 do Instituto Estadual de Educação Doutor Caetano Munhoz da Rocha, de Paranaguá, fundado em 1927. A mostra contou também com uma galeria de ex-chefes da regional e de escolas com mais de 70 anos.



APRESENTAÇÕES – Fizeram parte das cerimônias a apresentação da Orquestra Filarmônica de Antonina, composta por alunos do Colégio Estadual Myses Lupion e do Colégio Estadual Professor Althair Gonçalves, além de ex-alunos. Os hinos do Paraná e do Brasil foram interpretados em Libras, a língua brasileira de sinais, por alunos da Escola Nydia Moreira Garcez – Educação Infantil e Ensino Fundamental na Modalidade de Educação Especial, de Paranaguá.



Fonte AEN



Escolas estaduais do Litoral recebem Prêmio de Gestão