KIT MÍDIA Contato

por: Jhenifer Lorena Vieira - Curitiba(PR)

Data: 04/10/2016 às 11h58min - Atualizada em 04/10/2016 às 11h58min
..

Uma passageira idosa de 76 anos morreu em um grave acidente na manhã desta terça-feira (4) em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. Terezinha Grochka de Oliveira foi atingida por uma colisão lateral contra um caminhão. O carro, um Citroën Aircros, estava sendo dirigido pela filha, que não teve ferimentos.



O acidente aconteceu na rua Sebastião José de Souza esquina com a Pedro do Rosário, no bairro Palmital, por volta das 11 horas. Testemunhas disseram que o local não possui placas de sinalização que indiquem preferência.



“Ela não prestou atenção que era uma preferencial e passou direito, nisso o caminhão já estava em cima e não teve o que fazer. Foi uma batida bem forte, um estouro, ele arremessou o carro. Liguei pro socorro, mas o estado de saúde da mulher é bem grave, nossa”, disse o morador Adir de Jesus Carvalho à Banda B.



A idosa chegou a ser socorrida pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), mas morreu dentro da ambulância. Embora os dois airbags tenham sido acionados, a idosa foi atingida pela lateral e teve ferimentos graves no tórax, explicou o médico Marcelo Sech.



“Assim que a primeira ambulância chegou, notou a emergência e acionou a presença de um médico. Quando eu cheguei, vi que tentavam a reanimação, mas ela tinha um trauma grave no tórax à direita com bastante sangramento. Contribui a idade e o mecanismo da batida, mesmo realizando os procedimentos invasivos ela não conseguiu recuperar os batimentos”, finalizou.



Mãe e filha são de São José dos Pinhais e estavam na região entregando convites para um evento que estaria sendo organizado pela família. O corpo de Terezinha foi encaminhado a um hospital, como de praxe em mortes que ocorrem dentro de ambulâncias, e posteriormente encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.





Em cruzamento sem sinalização, idosa é atingida por caminhão e não resiste; filha dirigia o carro