KIT MÍDIA Contato

por: Jhenifer Lorena Vieira - Curitiba(PR)

Data: 30/09/2016 às 13h47min - Atualizada em 30/09/2016 às 13h47min
..

“Mais segurança!! Mais segurança!!”. Foi desta forma que os moradores do bairro Borda do Campo, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba (RMC), iniciaram a manifestação na manhã desta sexta-feira (30), que durou cinco horas. Primeiro, eles bloquearam a Rua Canoinhas, depois, por volta das 10 horas, os cerca de 300 manifestantes bloquearam os dois sentidos da BR-277, entre Curitiba e o litoral do Paraná. A população cobra da Prefeitura e do Governo do Paraná um olhar mais atento ao bairro que, de acordo com eles, em dois dias teve dez carros roubados.  As pistas da rodovia foram liberadas por volta das 14h20 de hoje.



Dono de uma mercearia, um dos manifestantes se mostrou revoltado. “A semana inteira é isso. Assaltaram a creche hoje à noite e não param de fazer isso. Tenho o comércio há onze anos e nunca melhora isso. O bairro está abandonado pela Prefeitura de São José dos Pinhais. Aqui todos os comerciantes foram assaltados”, lamentou.



Segundo outro comerciante, que foi assaltado nesta semana, os políticos só aparecem na hora de pedir votos. “É sempre a mesma coisa, nós não aguentamos mais. Eu fui trancado no banheiro e levaram todo o meu dinheiro. Até quando?”, questionou.



Os moradores queimaram pneus na Rua Canoinhas com a Caçador  e agora bloqueiam a BR-277. Policiais rodoviários tentam convencer os moradores a liberaram a rodovia, mas eles dizem que só saem do local com alguma resposta dos órgãos públicos.



Até às 11 horas, segundo a Ecovia, o congestionamento sentido litoral chegava a três quilômetros e no sentido Curitiba a fila era de dois quilômetros.



A Banda B entrou em contato com a Prefeitura de São José dos Pinhais e a Polícia Militar (PM). A PM já enviou nota sobre o caso:



A 1ª Companhia do 17º Batalhão da PM, responsável pela região do bairro Borda do Campo, em São José dos Pinhais, na RMC, tem feito um trabalho diuturno de policiamento preventivo e ostensivo na região. Inclusive nesta sexta-feira (30/09) a PM encaminhou à delegacia um homem com o qual foi encontrado 48 buchas de cocaína, que estavam dentro de um pote. Em outra ocorrência, uma equipe policial recuperou um caminhão carregado com gás que havia sido roubado a poucos instantes. A ação super rápida. Diariamente os policiais militares desempenham operações preventivas na área para evitar crimes e prender suspeitos, a exemplo dessas.



As ações são desempenhadas pelas Radiopatrulhas da unidade e também pela ROTAM, com os meios humanos e materiais disponíveis que a PM possui. Também há atuação do Bope na cidade, em operações esporádicas. Há aproximadamente 15 dias a PM está desenvolvendo a operação Impacto, inclusive em São José dos Pinhais.



A Polícia Militar do Paraná está formando em todo estado mais de 2.000 policiais militares, os quais desde a semana passada estão no estágio operacional supervisionado, ou seja, atuam no policiamento ostensivo nas ruas com a orientação e coordenação de militares estaduais experientes. Após a formatura, a Região Metropolitana de Curitiba contará com parte deste efetivo, que será dividido nos municípios.



No entanto, a PM pede que quando acontecer alguma situação, a população ligue para o 190. Informa também que fatos consumados são de responsabilidade da Polícia Civil, que deve investigar, identificar suspeitos e prendê-los.







Após quatro horas, moradores que pedem por mais segurança liberam pistas da BR-277